sexta-feira, 11 de agosto de 2017

OTA EM FESTA (2017) - Recordar (7)








Em 1997, deu-se início à preparação da Coroa, símbolo do Espírito Santo, ao qual a Paróquia foi consagrada, mas também, com base no "Mistério de Maria", que A tornou inseparável do Mistério do Espírito Santo (Informação pormenorizada).
A partir de então, o referido símbolo passou a fazer parte integrante da Festa anual desta Paróquia (Consagrada a Nossa Senhora da Piedade), através da sua colocação na fachada lateral da Igreja.
Tal trabalho foi idealizado por Luís Santos, com a apresentação de esboço e respetiva argumentação, fundamentada nos dados acima descritos, para permitirem a criação de algo diferente, dentro da simbologia já remota, adotada nos Açores, cuja origem festiva, surgiu na Vila de Alenquer.
A concretização do projeto coube ao seu conterrâneo, Eng. Ernesto Duarte, que com a colaboração de L. Santos, o conceberam, cabendo a sua pintura e eletrificação, a António Ferreira.
A despesa efetuada na altura, ultrapassou os 70 mil escudos, o que naquela época, obviamente era elevado. Neste valor, não foi tomada em consideração a madeira doada pela empresa "Móveis Zé-Zé", a mão de obra e as várias deslocações a Lisboa e outros, para verificação, esclarecimentos e aquisição do material adequado.


(Teste final da Coroa)


Para além da revisão anual dos pendurais e arcos da Festa, para recuperação da parte metálica danificada, pintura da mesma, eletrificação e substituição ou recuperação de rosetas, foi, por iniciativa da Comissão de Festas da altura, decidida a criação de novos pendurais, rosetas e mastros, não só para a substituição de alguns, mas também, a criação de mais, de forma  permitir a extensão da iluminação à Rua Rainha Santa Isabel, até próximo do viaduto da variante de Ota.
Na concretização do pretendido, é de destacar o trabalho exaustivo de Mário Pereira, que com alguma improvisação (por falta de equipamento adequado para a execução do trabalho), durante "n" dias e noite dentro..., foi preparando a parte metálica dos novos pendurais, trabalho este que posteriormente foi entregue ao então Presidente da Comissão de Festas, António Ferreira, para a eletrificação, pintura e colagem de novas rosetas, com a colaboração permanente de L. Santos e de outros que inopinadamente, dentro da disponibilidade, foram dando o seu contributo.

António Ferreira e Mário Pereira na azáfama

E assim foi também no passado mais longínquo, em que, na generalidade, apesar dos condicionalismos de cada época, todos deram o seu melhor, para que a nossa Festa fosse ENRIQUECIDA, o que tem servido de base para a CONTINUIDADE.

Período de 1997 a 2010





Para mais informação, clique:

Festa de Ota


Acesso direto às páginas promocionais da Festa-2017, concebidas anteriormente por este blogue 

OTA EM FESTA - Difunde e vem participar com os teus amigos!:
Recordar período da Efeméride, e imagens do passado:
OTA EM FESTA (2017) – Animação (1):
OTA EM FESTA (2017) - Recordar (2):
OTA EM FESTA (2017) - Animação (2):
OTA EM FESTA (2017) - Animação (3):
OTA EM FESTA (2017) - Animação GIF:
OTA EM FESTA (2017) – Recordar (6):

Sem comentários:

Publicar um comentário